Publicado por: flavioguima | 17 agosto, 2016

Aumenta a demanda por Instalação de sistemas de segurança

Os sistemas de segurança tem se popularizado nos últimos anos resultando em um aquecimento do mercado nacional.
Este aquecimento se dá em partes por conta da popularização dos sistemas de segurança,  e de seu avanço tecnológico que tem revolucionado a maneira como protegemos nossas casas.

Antes, por exemplo na área de CFTV, dependia-se de um computador como plataforma de hardware onde seria instalada uma placa de captura, onerando os sistemas.
O aumento no número de fabricantes  e de opções de câmeras e demais produtos  intensificou a concorrência fazendo os preços caírem.

A democratização da internet também colaborou para que sistemas online, com armazenamento em nuvem e também streaming com transmissão de monitoramento ao vivo para dispositivos móveis fossem desenvolvidos, inflamando a concorrência tecnológica.

Ao mesmo tempo, o aumento nas estatísticas de violência causam a sensação de insegurança que se converte em uma busca maior por dispositivos eletrônicos que supram a carência de tranquilidade nos dias atuais.

Todo este cenário colaborou para que a indústria da segurança eletrônica fosse uma das que mais cresceu nos últimos 4 anos, mesmo em tempos de crise econômica, o mercado de segurança  continuou aquecido e em expansão e a tendência é que cresça ainda mais.

Grandes capitais como Curitiba tem se mostrado um ótimo mercado para quem atua na área. As opções são muitas, desde sistemas de alarme residencial com alerta sonoro, até sistemas  avançados, integrando vários dispositivos ao ponto dos equipamentos de segurança eletrônica se confundirem com os de automação residencial.

Centrais de alarme além de possibilitar o alerta de intrusão, integram centrais de câmeras de segurança e dispositivos de automação residencial, interagindo com  softwares dedicados 24 horas online, de forma que tanto  a resposta a um incidente de segurança quando a um comando a partir de um dispositivo móvel é possível acionar dispositivos, luminárias, portões e sirenes.

A segurança eletrônica definitivamente entrou na era digital e a tendência é que cada vez mais se integre á “internet das coisas”, aumentando a concorrência, ampliando a oferta, diminuindo os custos e gerando empregos e renda.

O poder público também pode se beneficiar deste avanço tecnológico, agindo na prevenção de crimes,  busca e captura de pessoas procuradas pela justiça e desaparecidas.

As câmeras de segurança avançaram ao ponto de trazerem  microprocessadores com sistemas embarcados capazes de gerar relatórios a partir de análises de vídeo, identificando placas gerando saídas de dados contendo informações de automóveis que passem por seu campo de visão.

Estas informações podem ser cruzadas com bancos de dados de automóveis roubados ou procurados por serem usados na pratica de crimes, disparando um alerta assimque um veículo procurado seja identificado por uma câmera.

Os algoritmos de identificação facial avançaram ao ponto de poderem identificar pessoas como em um sistema de leitura biométrica, buscando e registrando informações em um banco de dados, gerando ações que podem ser programadas para abrir portas, acionar alertas, ou ainda gerar relatórios de fluxo de pessoas, mesmo não constando em um pré cadastro, classificando em gênero e idade. Podendo gerar relatórios de frequência de espaços comerciais que podem ser aproveitados pelos profissionais de marketing.

Os relatórios podem ser cruzados com bancos de dados alimentados e compartilhados por estabelecimentos comerciais, registrando a presença de pessoas cruzando informações com suas preferências, habitos de consumo, locais que frequentam com regularidade, gostos musicais, tipos de filme que assistiram no cinema, estes dados podem ser cruzados com informações de redes sociais gerando relatórios que podem ser valiosos para  empresas de marketing.

Os resultados destes relatórios podem ser usados para personalizar ofertas, assim como acontece   com os dados coletados nas redes sociais e no comportamento da pessoa na internet. Da mesma forma que você tem propagandas personalizadas feitas de acordo com seus habitos na internet, sistemas de identificação facial podem buscar suas informações em bancos de dados compartilhados pelos estabelecimentos onde você frequenta de forma a moldar ofertas em tempo real que podem ser projetadas em vitrines e monitores, ao melhor estilo “minority report”.

Uma das empresas que se destacam nesta área é a Hikvision, que tem revolucionado o mercado de CFTV com seus analíticos extraordinários, que geram relatórios de marketing  automáticos baseados na análise de imagens capturadas pelas câmeras.

O destaque é a câmera iDS-2CD8426G0/F-I  que gera relatórios baseados na identificação facial Alimentando dados como gênero e idade presumida dentre outros.
Câmera Hikvision

Em Curitiba a FGP sistemas de segurança atua com projeto e instalação de sistemas de câmeras de segurança Hikvision e alarmes Viaweb, que podem ser integrados permitindo alerta de intrusão com visualização de câmeras na área invadida de forma instantânea pelo aparelho celular.

Para maiores informações acesse: www.monitoradoporcameras.com.br

Anúncios

Apresentado hoje, 11/06/2013, o processador de 8 núcleos da AMD é o primeiro modelo comercial com clock de 5 Ghz.

 

AMD_FX_box

Com 8 núcleos e arquitetura piledriver, o novo processador da AMD foi apresentado hoje na E3.
Nomeado FX-9590 trata-se do primeiro modelo comercial de processadores a ultrapassar a barreira dos 5 Ghz.

Mas não, amigo, não espere que ao adquirir o novo processador, sua máquina trabalhe em 5 Gigahertz!  Acontece que o FX-9590 trabalha com a tecnologia AMD Turbo Core 3.0 que monitora as condições de funcionamento da CPU, adequando seus parâmetros á exigência e condições de funcionamento. Esta tecnologia permite que a CPU trabalhe com características variáveis. E dependendo de uma combinação de situações o FX-9590 poderá atingir a frequência de 5Ghz ou mais.
Leia Mais…

Publicado por: flavioguima | 28 junho, 2012

Google apresenta o Nexus 7

Nesta 4ª feira (27/06) a Google anunciou, durante a Google I/O 2012, o lançamento de seu mais novo produto, o Nexus 7.
Trata-se de um tablet com expessura aproximada de 10,5 milímetros (mesma expesura do Samsung Galaxy).

O novo aparelho pesa aproiximadamente 340 gramas, vem com conexão Bluethooth, Wi-Fi e NFC, conector MicroUSB, tela IPS Display de 7 polegadas com resolução de 1280×800 pixels, com processador Tegra3 1,3 Ghz quad-core da Nvidia e 1 Giga de memória Ram, o Nexus 7 vai rodar o Android 4.1. Será comercializado em versões com 8 e 16 Giga de HD. A bateria terá duração de 9 horas (8 horas executando vídeo). Leia Mais…

Inaugurada no Brasil a primeira desenvolvedora de microchips da América Latina.

Sediada em Porto Alegre, a CEITEC S.A produzirá Microchips para TV digital, rastreamento de rebanhos e comunicação Wireless.

Iniciativas pioneiras de investimento em tecnologia tem transformado o cenário industrial de regiões  como o vale do silício e países asiaticos como Taiwan, Japão e  Coréia do Sul. Proporcionando o surgimento de polos tecnologicos onde surgiram as maiores empresas de tecnologia do mundo. E agora, o Brasil entra para o seleto grupo dos países desenvolvedores de microchips.

Leia Mais…

Publicado por: flavioguima | 14 julho, 2009

Esquenta a briga entre Microsoft e Google

Esquenta a briga entre Microsoft e Google.

A guerra está declarada e mais intensa do que nunca.

A mais de um mês a Microsoft estreou o Bing, sua terceira tentativa de fazer frente ao sistema de buscas do Google.

A resposta do Google foi rápida, no ultimo dia 8 divulgou seus planos de lançar um sistema operacinal gratuíto voltado para Web baseado no seu navegador o Google Chrome. O sistema operacional que leva o mesmo nome do navegador promete segurança, velocidade e leveza e, segundo declarações da equipe de desenvolvimento, trará um novo conceito de sistema operacional. Leia Mais…

Publicado por: flavioguima | 13 julho, 2009

Google anuncia seu sistema operacional

Google anuncia seu sistema operacional

Sistema operacional do google é baseado no Chrome e roda sobre um kernel Linux

Google Chrome OS

Google Chrome OS

Agora é oficial!
Como alguns já previam o Google anuncia oficialmente seus planos para o lançamento de um sistema operacional.

Segundo a Google, o sistema será como uma “extensão natural” do Chrome e tem seu lançamento previsto para 2010 com o nome de Chrome OS.
Leia Mais…

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias