Publicado por: flavioguima | 3 outubro, 2007

Birmânia bloqueia o acesso á Internet

Birmânia bloqueia o acesso á Internet

O regime militar na Birmânia tenta fechar os cybercafés do país com a intenção de impedir que a sociedade informe ao mundo sobre as manifestações da oposição, e do banho de sangue proporcionado por suas autoridades.

Na tentativa de controlar o fluxo de informações que saem do país,o governo birmanês fecha os principais provedores de acesso á Internet e cybercafés. Desta forma, os militares tentam evitar que grupos de oposição use a rede mundial para enviar imagens e informações sobre as atrocidades cometidas.

Depois da brutal repreensão iniciada pelo exército contra manifestantes nas ruas de Ragún, onde pelo menos  um correspondente internacional foi assassinado, os usuários de blogs se tornaram a principal fonte de informação independente sobre os acontecimentos no país.

Na Birmânia, menos de 1% da população tem acesso á Internet, e existe um número reduzido de provedores de acesso, estes poucos provedores  tem estreitos vínculos com o governo militar. Somente em cinco cidades da Birmânia existem cybercafés. Mesmo assim, o regime militar tenta impedir o uso desta forma de comunicação.

A Birmânia é considerado um dos países com maior censura no mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: